Jair Bolsonaro aguarda alta médica para tocar reforma da Previdência

Jair Bolsonaro aguarda alta médica para tocar reforma da Previdência

- em Geral
20

22:00 / 10 de Fevereiro de 2019 ATUALIZADO ÀS 23:25POLÍTICA

A melhora do estado de saúde de Jair Bolsonaro, nos últimos dias, cria a expectativa de uma alta médica do presidente já nesta semana. Brasília aguarda a volta do chefe do Executivo federal para definições importantes, como os pontos cruciais do projeto do Governo para a reforma da Previdência, a ser enviado ao Congresso Nacional antes do fim deste mês.

Bolsonaro foi submetido à cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal e retirada de uma bolsa de colostomia no dia 28 de janeiro.

O presidente permanece sem febre e apresenta boa evolução clínica, informou boletim médico divulgado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, na tarde deste domingo . O quadro de pneumonia, diagnosticado na última quinta-feira, melhorou significativamente, mas continua sendo tratado com os mesmos antibióticos.

Bolsonaro almoçou, neste domingo, creme de mandioca com carne, gelatina e suplementos. O presidente segue sob avaliação médica e ainda não há previsão oficial de alta. Na sexta-feira passada, o jornalista Carlos Nascimento afirmou que recebera um telefonema de Bolsonaro e que o presidente lhe dissera que pretendia sair do hospital hoje. Procurada, a Presidência da República informou que a alta será dada “no momento oportuno”.

Bolsonaro continua fazendo exercícios de fortalecimento muscular e de respiração.

Na manhã deste domingo, Bolsonaro caminhou cinco vezes por um corredor, ida e volta, e, segundo a assessoria, conseguia andar mais rapidamente do que no sábado. À tarde, ele andou mais um pouco e fez fisioterapia. Bolsonaro não precisa mais do apoio do andador para caminhar. Por insistência médica, as visitas permanecem restritas. Bolsonaro passou o dia acompanhado da mulher, Michelle Bolsonaro, e do filho Carlos.

Segundo a Presidência, Bolsonaro passa os dias no telefone e assistindo à TV. Neste domingo, Bolsonaro divulgou um vídeo em que, do seu leito, reconhece que nem todos os brasileiros têm acesso a tratamentos médicos como o usufruído por ele no Albert Einstein e promete melhorar o SUS.

Fonte: DN

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Após alta médica, Bolsonaro volta ao trabalho e enfrenta desafios

22:01 / 13 de Fevereiro de 2019 Presidente