Ministro garante decreto que torna o sal potiguar um bem de interesse social

Ministro garante decreto que torna o sal potiguar um bem de interesse social

- em Economia
147

Postado às 13h15 | 05 Abr 2018 | REDAÇÃO
Ministro garante decreto que torna o sal potiguar um bem de interesse social
Crédito da foto: ReproduçãoIndústria salineira gera mais de 70 mil empregos no RN
O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, comunicou a Bancada Federal do Rio Grande do Norte que, antes de deixar o ministério, atendeu o pleito dos salineiros a publicação do decreto que reconhece o sal como bem de interesse social.O decreto torna o sal um bem de interesse social e utilidade pública, permitindo, portanto, a produção nas áreas ocupadas há décadas pelas salinas.Na prática, esse reconhecimento, dado através de decreto presidencial, representa um avanço para valorização da atividade, principalmente no que diz respeito à comercialização do produto.A atividade salineira potiguar gera aproximadamente 70 mil empregos no Estado, 15 mil só em Mossoró e região, e representa quase 97% da produção de sal do Brasil.

Fonte: Jornal de fato

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também